22 de abr de 2009

Asimov

Issac Asimov foi um dos escritores mais interessantes do século XX. Asimov escreveu mais de 502 publicações, não só de ficção científica mas de vários temas.

A diversidade de temas é tão grande que existem publicações de Asimov classificadas em quase todas as categorias dos sistemas bibliográficos. No "Sistema Decimal de Dewey", por exemplo só não existem obras classificadas como Filosofia, ou seja Isaac Asimov escreveu sobre Generalidades, Religião, Ciências Sociais, Línguas, Ciências puras, Ciências Aplicadas, Artes, Literatura, História e Geografia.

Bom, mas sua fama veio mesmo das suas obras de ficção científica, especialmente falando sobre exploração espacial e robôs.

Asimov criou as "Leis da Robótica" e baseado nelas escreveu dezenas (talvez centenas) de estórias. Aliás essas leis são ligadas à ética, inteligência artificial, existência do ser, etc, ou seja filosofia pura. Então apesar de Asimov não ter livros catalogados como Filosofia, para mim, suas obras sobre robôs caberiam facilmente nessa categoria.

Como bom escritor ele previu em 1979, na sua obra de não ficção Choice of Catastrophes, algo como a internet:

"Haverá uma tendência para centralizar informações, de modo que uma requisição de determinados itens pode usufruir dos recursos de todas as bibliotecas de uma região, ou de uma nação e, quem sabe, do mundo. Finalmente, haverá o equivalente de uma Biblioteca Computada Global, na qual todo o conhecimento da humanidade será armazenado e de onde qualquer item desse total poderá ser retirado por requisição.
"

E na mesma obra pensou em sites colaborativos como a Wikipedia:

"...Certamente, cada vez mais pessoas seguiriam esse caminho fácil e natural de satisfazer suas curiosidades e necessidades de saber. E cada pessoa, à medida que fosse educada segundo seus próprios interesses, poderia então começar a fazer suas contribuições. Aquele que tivesse um novo pensamento ou observação de qualquer tipo sobre qualquer campo, poderia apresentá-lo, e se ele ainda não constasse na biblioteca, seria mantido à espera de confirmação e, possivelmente, acabaria sendo incorporado. Cada pessoa seria, simultaneamente, um professor e um aprendiz."

E por favor NÃO veja os filmes, leia os livros! Quer os livros? aqui

PS: Leis da Robótica:
  • 1ª lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por omissão, permitir que um ser humano sofra algum mal..
  • 2ª lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos, exceto nos casos em que tais ordens contrariem a Primeira Lei.
  • 3ª lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira e Segunda Leis.

"Hackers" x Gramática

Trocar "mais" por "mas", gerundismo, erros de concordância, pontuação errada, conjugação verbal absurda...

Ainda bem que esses caras não sabem escrever, senão teríamos muito mais gente com problemas de vírus e roubo de dados...

ps: como um bom nerd não sou mestre em português, erro bastante, mas nada comparado a isso aí em cima.

9 de abr de 2009

Popular Mechanics

EXTRA, EXTRA : 100 anos de edições (de 1905!!! a 2005) da revista americana “Popular Mechanics” estão disponíveis no Google Book Search. E completas, com todas suas as páginas "visualizáveis".


A “Popular Mechanics”, apesar do nome, não fala só de mecânica, nela aparece tudo relacionado a tecnologia, incluindo mecânica (dã), automóveis, arquitetura, informática, armamentos, aeronáutica, eletrônica, telecomunicações e até ciência forense.

Para ter idéia da diversidade a edição de janeiro de 1905 tem como matéria de capa "Pontes Ferroviárias" e a de dezembro de 2005 tem como capa "Viagem a Marte"...


É muito interessante olhar os anúncios, as fotos e até os preços de capa: em 1905 a revista custava 1 cent de dólar e em 2005 custou 3,99 dólares. Inflação absurda em 100 anos!

Ou seja, você, NERD amigo, tem muita, mas muita coisa interessante para ler no feriado.

Enjoy! (pois é, esqueci de dizer, obviamente é tudo em inglês...)








Ps: Dica do Blog do Gomes